PENSACOLA

Da família das gramíneas, a Pensacola é ideal para encostas sujeitas à erosão. Por isso é indicada para parques públicos, chácaras e, inclusive, pistas de aviões. Além dessas vantagens, tem excelente aceitação pelos equinos, caprinos e ovinos. Diferencia-se também por aceitar podas frequentes e drásticas, além do pisoteio. Por esse fato é explorada em áreas de acesso nas fazendas onde trafegam máquinas e implementos pesados.

DESCRIÇÃO

Nome científico: Paspalum saurae cv. Pensacola

Família: Gramíneas

Ciclo vegetativo: Perene

Forma de crescimento: Rasteira/Rizomatosa

 

ADAPTAÇÃO

Tipo de solo: Média fertilidade

Altitude: Até 2.000 m

Precipitação anual: Acima de 800 mm

 

TOLERÂNCIA

Seca: Alta

Frio: Alta

Umidade: Baixa

Cigarrinha: Alta

Sombreamento: Alta

 

PRODUÇÃO

Matéria seca ha/ano: 4 – 7 t

Proteína bruta na M. S.: 5 – 7%

Palatabilidade: Boa

 

UTILIZAÇÃO/MANEJO

Tempo de formação: 90 – 120 dias

Primeiro pastoreio: 90 dias (pastoreio leve)

Altura do corte: 20 cm – retirar os animais

Incorporação: Não

RENASEM: SP16254/2017     /     AGROPEC PAULISTA -  CNPJ 27.045.471/0001-72