DECUMBENS

A Brachiaria decumbens, muito utilizada nas pastagens para gados leiteiros, é suscetível ao ataque de algumas espécies de cigarrinhas. Foi uma das primeiras brachiárias plantadas no Brasil. Planta rústica, com boa adaptação e baixa exigência em fertilidade, têm bom rebrote e ótimo perfilhamento, o que possibilita bom recobrimento do solo. Sua tolerância à seca é alta.

 
DESCRIÇÃO

Nome científico: Brachiaria decumbens cv. Basilisk

Família: Gramíneas

Ciclo vegetativo: Perene

Forma de crescimento: Decumbente

 
ADAPTAÇÃO

Tipo de solo: Médio/Fraco

Altitude: Até 2.000m

Precipitação anual: Acima de 1.000mm

 
TOLERÂNCIA

Seca: Alta

Frio: Média

Umidade: Baixa

Cigarrinha: Baixa

Sombreamento: Boa

 
PRODUÇÃO

Matéria seca ha/ano: 10 t

Proteína bruta na M. S.: 7 – 9%

Palatabilidade: Boa

 
UTILIZAÇÃO/MANEJO

Tempo de formação: 90 – 120 dias

Primeiro pastoreio: 90 dias (leve, gado jovem)

Altura do corte: 15 – 20 cm – retirar os animais

Incorporação: Não

RENASEM: SP16254/2017     /     AGROPEC PAULISTA -  CNPJ 27.045.471/0001-72